Entretenimento 

MAYCK E LYAN LEMBROU TIÃO CARREIRO EM SANTO ANTÔNIO DO QUEBRANZOL

Fotos by: Facebook/Wanderson Luiz

Mayck e Lyan declaram toda a admiração pela dupla Tião Carreiro & Pardinho, no show em Santo Antônio do Quebranzol na noite de 21 de julho.
Aproximadamente 8 mil pessoas se deslocaram até o arraial pra ver a dupla.
Poucos artistas conseguem preservar tanto a cultura e a tradição como Mayck e Lyan.
A voz grave e aveludada de Mayck, somada aos arranjos inconfundíveis da viola caipira de Lyan, fizeram com que os irmãos criassem uma identidade e recebessem elogios de todo o mercado.

E em Santo Antônio do Quebranzol não foi diferente, ha 12 anos no mercado, a dupla Mayck e Lyan apareceu com destaque no quadro Show Criança do Programa Raul Gil.
Os irmãos mato-grossenses chamaram atenção por apostar em moda de viola e no sertanejo tradicional.
Apesar do êxito na TV ser o início da exposição de Mayck e Lyan em nível nacional, os rapazes de Alta Floresta já buscavam o sucesso bem antes. A dupla teve início em 1996 e durante uma década esteve presente nos principais shows da região.
Lyan admite que tiveram que enfrentar bastante resistência de gravadoras e empresários

” Nosso gosto pelo sertanejo tradicional vem de berço. Vivemos a vida toda em fazenda. Não é forçado. No começo, queriam que a gente fizesse um som mais pop. Mas não faria sentido, porque íamos disputar um público que nem conhecemos”.
Os irmãos dizem que o que fazem é uma continuação do que outros músicos tradicionais criaram em décadas anteriores.

“Temos músicas produzidas pelo Fernando Zor (da dupla com Sorocaba) e isso faz a gente soar mais moderno. Não teria como ser diferente, até porque estamos em 2016. Mas agimos assim sem trocar a viola pela guitarra, por exemplo. Existe um limite para inovar”.

Fotos: Facebook/Wanderson Luiz

Edmar Cunha/Diáriopatrocinense

Posts Relacionados

Enviar comentario