Futebol 

NEM POR “MILAGRES”

Como destacou o jornalista Zeloi Neto do MUOL, o Patrocinense com um time bastante desconfigurado em relação àquele que disputou as 9 rodadas iniciais do Mineiro, o CAP caiu de 4 para o Atlético Mineiro na noite desta quarta-feira 29 de julho, no Mineirão.

Todos os gols saíram no 1º tempo, Nathan, Arana, Savarino e Pedro Rosa contra fizeram os gols antes fos 30′ do primeiro tempo, escancarando ainda mais a diferença técnica entre as equipes, fenômeno que se abateu em quase todos os times do interior pelo ‘desmanche’ durante a pandemia.

O time grená fechou a tábua de classificação na 8ª colocação e enfrenta o Cruzeiro em BH num jogo de ‘mata’, pela Taça Inconfidência.

Uberlândia e Boa Esporte protagonizam o outro confronto no Parque do Sabiá.

Já nos duelos das semifinais do Mineiro 2020 terão América x Atlético e Tombense x Caldense.

América é Tombense tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais, para passar a grande final.

FICHA TECNICA

ATLÉTICO-MG 4 X 0 PATROCINENSE

Motivo: 11ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Mineirão 
Arbitragem: Paulo Cezar Zanovelli, auxiliado por Pablo Almeida Costa e Magno Arantes Lira

Atlético: Rafael; Guga, Réver, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Jair), Hyoran (Alan Franco) e Nathan; Savarino (Marquinhos), Keno (Otero) e Marrony (Leo Sena).
Técnico: Jorge Sampaoli

Patrocinense: Thiago Passos; Emerson, Nilo, Fernando e Pedro Rosa; Wisley, Thiago Lima (Marcelinho) e Magalhães; Danielzinho, Gladiador e Victor Rafael.
Técnico: Marco Antônio Milagres

Gols: Nathan (9′ 1T), Guilherme Arana (13′ 1T), Savarino (15′ 1T), Pedro Rosa (contra, 30′ 1T)

Cartão vermelho: Alan Franco (CAM)

Foto: Agência Galo/Clube Atlético Mineiro

Fonte: Zeloi Neto/MUOL

Posts Relacionados

Enviar comentario